Weby shortcut
Icone Instagram
Icone Linkedin
Icone YouTube
Universidade Federal de Goiás
Júlia Mariano

Fotografias bordadas costuram amor e arte

Criada em 18/02/19 18:10. Atualizada em 27/02/19 09:28.

Técnica em fotografia na UFG e docente na UEG, Júlia Mariano, costura prazer e trabalho em álbuns manuais e fotografias expandidas

Kharen Stecca

Júlia Mariano(Fotos: Júlia Mariano)

Júlia Mariano, servidora da UFG, é fotógrafa há mais de 14 anos. Viveu nesse período o avanço da tecnologia digital no mundo da fotografia. Com o avanço da técnica e das fotografias nas redes sociais, a foto impressa tornou-se um item cada vez mais raro.

Na tentativa de manter o contato com a foto impressa, o gosto das fotos nas mãos, a textura e a gramatura do papel, Júlia mantém o hábito de imprimir as fotos que faz. “A materialidade da fotografia é uma questão que prezo muito”. E para valorizar esse contato concreto com as fotos, nada mais justo do que pensar nos álbuns que irão acolhê-las. Na busca por encontrar berços para suas criações, começou a se interessar pela confecção dos próprios álbuns para guardar sua história por meio das fotografias.

Ela mesma conta como foi o processo de criação: “Em 2014, quando estava grávida da minha primeira filha, investi em cursos sobre encadernação manual. Queria ter a liberdade de construir os álbuns do jeito que eu quisesse, com tamanhos, cores, quantidade de páginas que se adequassem a cada uma das histórias que eu queria contar. Algo personalizado, com envolvimento, fugindo das padronizações do mercado.” Aos poucos o que era uma curiosidade, virou um hobby. Os materiais foram aumentando, as ferramentas também. “É algo viciante”, explica. E hoje ela já tem um cômodo de casa como ateliê, com tecidos, papéis, agulhas, linhas, carimbos e ferramentas. Em meio a correria dos dois trabalhos – além de técnica na UFG ela é professora na Universidade Estadual de Goiás no curso de Cinema e Audiovisual – e das atividades maternas com duas crianças, tenta encontrar tempo para o prazer. “É bem verdade que não frequento o ateliê com a frequência que gostaria”.

Eu faço arte

O hobby de Júlia também se entrelaça com as escolhas profissionais. “Durante a realização do mestrado em Arte e

album Julia Mariano

Cultura Visual, estimulada pela então orientadora, professora Alice Fátima Martins, tive contato com técnicas de bordado e acabei incorporando essas experiências na produção de álbuns e fotografias bordadas. Curiosa, comecei a envolver essas experiências com pesquisas acadêmicas sobre fotografias expandidas na arte contemporânea e hoje coordeno um projeto de pesquisa na UEG sobre o assunto, com três estudantes de iniciação científica”. Com essas escolhas, o prazer torna-se hobby, e esse alia-se com o trabalho e ainda é uma forma de cultivar o amor pela fotografia e pela família emoldurada em lindos álbuns e fotos que se tornam arte.

Fonte: Secom UFG

Categorias: Eu Faço Arte