Weby shortcut
Icone Instagram
Icone Linkedin
Icone YouTube
Universidade Federal de Goiás
HC reforma

HC inaugura reforma dos setores de Nutrição, Hemodiálise e Genética

Criada em 25/03/19 14:07.

Para a readequação dos espaços físicos do Hospital das Clínicas da UFG foram investidos cerca de R$ 3,7 milhões

HC_1_reforma

O Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás (HC/UFG), vinculado à Rede Ebserh, inaugurou, nesta sexta-feira, 22, as obras de reforma e ampliação dos setores de Nutrição e de Hemodiálise, além do novo Laboratório de Genética, que faz parte do primeiro Centro de Genética Público do Estado de Goiás.  Presente na inauguração, o presidente da estatal, Oswaldo Ferreira, destacou as melhorias proporcionadas pelas reformas dos setores e pelo novo laboratório. “Os setores de Nutrição e Hemodiálise terão ambientes mais modernos, humanizados e com mais conforto para pacientes, profissionais e estudantes. Além disso, o novo Laboratório de Genética proporcionará o avanço do desenvolvimento de pesquisas nessa área”, afirmou Ferreira.

Para a readequação dos espaços físicos da Nutrição e da Hemodiálise, foram investidos mais de R$ 3,1 milhões por meio do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), gerido pela Ebserh. A reforma do Setor de Nutrição proporcionará melhores condições de garantir a alimentação hospitalar adequada com o caso de cada paciente. Já o Setor de Hemodiálise recebeu um ambiente mais humanizado, propiciando maior qualidade e conforto aos pacientes que necessitam desse tratamento.

HC_hemodialise

O Laboratório de Genética teve investimentos de R$ 525 mil, por meio de emenda parlamentar. Segundo o superintendente do HC, José Garcia Neto, o novo espaço permitirá investigações e pesquisas realizadas na área de malformação neonatal, auxiliando alunos de graduação e pós-graduação, além de pesquisas relacionadas à genética. “Também possibilitará um aumento estimado de mais de 20% no número de pacientes atendidos pelo Ambulatório de Doenças Raras, Malformação Fetal e Doenças Genéticas, totalizando cerca de 500 pessoas por mês”, explicou Garcia.

O reitor da UFG, Edward Madureira Brasil, salientou o trabalho conjunto de diversos parceiros para oferecer os melhores serviços à população e à comunidade acadêmica. “O hospital é da Ebserh, é da Secretaria Municipal de Saúde, é da UFG, é do estado de Goiás, é de todos. Cada um tem uma responsabilidade e um papel, pois o nosso olhar é para dois contingentes. O primeiro é para as pessoas que vêm procurar um atendimento de qualidade, humanizado. E, por outro lado, aquilo que move a saúde no país, que são os profissionais que são formados aqui, pois somos um hospital de ensino”, disse.

Novo contrato SUS

Na ocasião, também foi assinado um novo contrato de serviços com a Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, que é a gestora local do Sistema Único de Saúde (SUS), ao que o HC está inserido e oferece seus serviços gratuitamente à população. A nova contratualização proporcionará o reforço financeiro de aproximadamente R$ 350 mil por mês, cerca de 10% a mais relativos ao total contratado pelo gestor do SUS – R$ 3,5 milhões. “Esse valor é referente ao reajuste dos valores dos serviços prestados ao SUS, que não eram readequados a cerca de cinco anos, e será investido na melhoria da assistência gratuita à saúde das pessoas”, afirmou Garcia Neto.

Na sexta pela manhã, os gestores visitaram as dependências do HC. O grupo conheceu as obras do novo prédio de internação, anexo ao hospital, a Radiologia, Endoscopia, pronto-socorro e áreas de diagnóstico. O presidente da Rede Ebserh também se reuniu no Auditório da Dermatologia com o Colegiado Executivo e a governança do HC, tendo a presença dos chefes de divisões, de setores e de unidades. “A empresa tem a responsabilidade de criar as melhores condições para que os hospitais cumpram bem a sua tarefa de assistência à saúde e de ensino e pesquisa. Isso nos compete a fazer de uma maneira equilibrada”, finalizou Ferreira.

HC_2_reforma

Fonte : Coord. Comunicação Social da Rede Ebserh

Fonte: Secom/UFG

Categorias: Saúde