Weby shortcut
Icone Instagram
Icone Linkedin
Icone YouTube
Universidade Federal de Goiás
Festival de Ópera de Goiânia 2 (Arte: Secom UFG)

Capital será palco de óperas consagradas a preços populares

Criada em 13/05/19 15:52. Atualizada em 14/05/19 11:02.

UFG e Prefeitura Municipal realizam Festival de Ópera de Goiânia entre maio e julho de 2019

Lançamento Festival de Ópera de Goiânia (Foto: Pedro Gabriel/Secom UFG)

Festival de Ópera de Goiânia é fruto da parceria entre a UFG e a Prefeitura Municipal (Fotos: Pedro Gabriel)

Versanna Carvalho

 

Um primeiro passo para levar o canto lírico e a cultura à população goianiense. Este parece ser o entendimento do reitor da Universidade Federal de Goiás (UFG), Edward Madureira, e do prefeito de Goiânia, Iris Rezende, sobre a iniciativa conjunta de promover o Festival de Ópera de Goiânia (Fogo), que começa em 17 de maio, próxima sexta-feira, e se estende até 3 de julho de 2019.

De acordo com o prefeito, até agora a cultura, nesta área da música, está mais à disposição da elite. “A periferia não tem, não sei se pela falta de espaços de apresentação, acesso a ela. A nossa proposta é expandir apresentações públicas como temos feito já com a Orquestra Sinfônica de Goiânia, Orquestra Sinfônica Juvenil, mas fazer também na área da música lírica e toda a área da cultura. A Universidade Federal tem sido sensível a esse sonho de muitos, inclusive do prefeito, de popularizar e levar a cultura ao alcance de todas as pessoas. Queremos que todas as camadas sociais possam vivenciar a área cultural com mais intensidade”, aspira Rezende.

Iris Rezende - Festival de Ópera de Goiânia (Foto: Leonardo Eloi/CCUFG)

Iris Rezende: a música erudita está mais a disposição da elite

O titular da Secretaria Municipal de Cultura de Goiânia (Secult), Kleber Adorno, destaca que a pasta tem desenvolvido parcerias com a UFG desde 2005, com o festival de artes cênicas Goiânia em Cena. “Apenas três ou quatro capitais brasileiras contam com um festival de ópera. Goiânia é uma delas, que ainda conta com o suporte acadêmico de uma universidade”, valoriza.

Além da parceria na área cultural, o reitor Edward Madureira, destaca que a Universidade e a Prefeitura também atuam juntas em uma série de outros projetos nas mais variadas áreas como saúde, ciência, tecnologia, educação dentre outras. “Agradecemos o reconhecimento do poder público local sobre a importância do papel da Universidade. Infelizmente não se pode dizer o mesmo da política do governo federal, que não reconhece esse potencial”, lamenta.

Sobre a observação de Iris Rezende de popularizar ainda mais iniciativas como o Festival de Ópera de Goiânia, Madureira disse não ter sido “desafiado”, mas que já aceitou a provocação.

Lançamento

O lançamento do Fogo ocorreu nesta segunda-feira (13/05), no Salão Nobre do Paço Municipal de Goiânia, com as presenças de Rezende, Madureira, do secretário Municipal de Cultura (Secult), Kleber Adorno, da vice-reitora, Sandramara Matias Chaves, da pró-reitora de Extensão e Cultura (Proec), Lucilene de Sousa, da pró-reitora Adjunta de Extensão e Cultura (Proec), Flávia Cruvinel, e do diretor da Escola de Música e Artes da UFG (Emac), Eduardo Meirinhos.

O diretor da Emac UFG Eduardo Meirinhos brincou afirmando que poucas vezes uma segunda-feira foi tão esperada. “Em tempos pouco avessos à educação, cultura e arte, elementos basilares na formação humana e humanística da sociedade, a parceria com a Secult é especial, pois a ópera também tem uma tradição em Goiânia”, observa.

Festival

O Festival de Ópera de Goiânia é uma realização da UFG, por meio da Escola de Música e Artes Cênicas (Emac) e da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proec), em parceria com a Prefeitura Municipal de Goiânia, juntamente com a Secretaria Municipal de Cultura (Secult). O evento tem o objetivo de divulgar e promover a arte lírica em Goiânia. O evento também contempla ações formativas com workshops e masterclasses com artistas convidados. A finalidade principal é dar a oportunidade para que o público da cidade tenha acesso a espetáculos operísticos de qualidade, combinando no palco os talentos de regionais junto a grandes nomes da ópera no cenário nacional.

Quatro títulos estão na programação, sendo duas óperas encenadas e duas em forma de concerto com o que é denominado de “meia cena”. As duas óperas que serão encenadas são Cavalleria Rusticana (Pietro Mascagni) e Amahl e os visitantes da noite (Gian Carlo Menotti). Já as óperas em concerto são Il Pagliacci (Ruggero Leoncavallo) e O barbeiro de Sevilha (Gioachino Rossini).

 

Serviço

Festival de Ópera de Goiânia 2019

Programação

 

17 e 18 de maio

ÓPERA ENCENADA: CAVALLERIA RUSTICANA – PIETRO MASCAGNI

Coro Sinfônico Jovem de Goiás e Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás

Solistas: Poliana Alves (Santuzza), Hélenes Lopes (Turiddu), Patrícia Mello (Lola), Jadson Alvares (Alfio) e Sara Veras (Mama Lucia)

Regente: Eliel Ferreira

Produção: Itego em Artes Basileu França / OSJG

Local e horário:  Teatro Basileu França, às 20 horas.

Endereço: Av. Universitária, 1.750, Setor Universitário. Telefone: 3988-8954.

Ingressos: 10 reais (preço único promocional)

29, 31 de maio e 1 de junho

ÓPERA ENCENADA: AMAHL E OS VISITANTES DA NOITE – GIAN CARLO MENOTTI

Coro de Câmara da EMAC/UFG e Orquestra Jovem Joaquim Jayme

Solistas: Joyce Pereira (Amahl), Jayana Paiva (Mother), Natan Milhomen (Mago), Gustavo Weiss (Mago), João Pedro Coelho (Mago) e Ítalo Souza (Pajem)

Regente: Angelo Dias

Produção: Escola de Música e Artes Cênicas da UFG

Local e horário:  Dia 29 de maio – Teatro da EMAC/UFG, às 12h30.

                          Dias 30 de maio e 01 de junho – Teatro Basileu França, às 20h.

Endereço: Av. Universitária, 1.750, Setor Universitário. Telefone: 3988-8954.

Ingressos: 10 reais (preço único promocional)

16 de junho

ÓPERA EM CONCERTO: IL PAGLIACCI – RUGGERO LEONCAVALLO

Coro e Orquestra Sinfônica de Goiânia

Solistas: Hélenes Lopes (Canio), Patricia Mello (Neda), Jadson Alvares (Silvio), Douglas Hahn (Tonio) e Alexandre Vaz (Arlequino)

Regente: Abel Rocha

Produção: Orquestra Sinfônica de Goiânia

Local e horário: Palácio da Música, Centro Cultural Oscar Niemeyer, às 11 horas

Endereço: Av. Deputado Jamel Cecílio, Lote 01, Quadra Gleba, Alameda Fazenda Gameleira. Telefone: 3201-4932

Ingresso: Entrada franca

2 e 3 de julho

ÓPERA EM CONCERTO: O BARBEIRO DE SEVILHA – GIOACHINO ROSSINI

Coro e Orquestra Sinfônica de Goiânia

Solistas: Luciana Bueno (Rosina), Douglas Hahn (Fígaro), Daniel Germano (Bartolo), Hudson Ayres (Conde), Gustavo Rocha (Basílio) e Natália Afonso (Bertha)

Regente: Alessandro Sangiorgi

Produção: Orquestra Sinfônica de Goiânia

Local e horário: Teatro Sesi, às 20 horas

Endereço: Av. João Leite, n. 1013, Santa Genoveva. Telefone 4002-6213

Ingresso: 1livro literário ou dois quilos de alimento não perecível

Ficha técnica

Realização:

Prefeitura de Goiânia

Universidade Federal de Goiás

Secretaria Municipal de Cultura

Orquestra Sinfônica de Goiânia

Escola de Música e Artes Cênicas da UFG – EMAC/UFG

Co-realização: Governo de Goiás

                          Secretaria de Estado da Cultura

                       Centro Cultural Oscar Niemeyer

                      Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação

                       Itego em Artes Basileu França

                       Pró Reitoria de Extensão e Cultura

                       Teatro Sesi

Apoio: Instituto Orquestra Cidadã

Iris Rezende – Prefeito Municipal de Goiânia

Kleber Adorno – Secretário Municipal de Cultura

Edward Madureira Brasil – Reitor da UFG

Eduardo Meirinhos – Diretor da Escola de Música e Artes Cênicas da UFG

Comitê Organizador: Eliseu Ferreira da Silva

                                     Ângelo Dias

                                     Marília Álvares

                                     Ketty Leite de Morais

                                     Carlos Costa

                                     Flavia Maria Cruvinel

Fonte: Secom / UFG

Categorias: Institucional