Weby shortcut
Icone Instagram
Icone Linkedin
Icone YouTube
Universidade Federal de Goiás

Regional Jataí completa 35 anos

Criada em 09/10/15 09:30. Atualizada em 16/10/15 16:35.

Marca Jornal UFG 74

 

 

Regional Jataí completa 35 anos

Comemorações do aniversário são marcadas por eventos e inaugurações de obras ao longo do ano

Texto: Serena Veloso | Fotografia: Carlos Siqueira

 

Entrada Regional Jataí

 

Durante seus 53 anos de história, a UFG passou por grandes mudanças e conquistou um espaço decisivo no interior goiano, com a expansão da oportunidade de acesso ao ensino superior público entre a população de diferentes regiões do Estado de Goiás. Em 1980, a UFG implantava na Cidade de Jataí as bases iniciais do que viria se tornar a Regional Jataí, antes denominada Câmpus Avançado de Jataí (CAJ), que funcionava com apenas três cursos de graduação. Em 2015, a Regional completa 35 anos de existência e celebra diversas conquistas, fruto dos esforços para garantir educação de qualidade para formação de profissionais nas diversas áreas do conhecimento.

 

Uma série de atividades alusivas ao aniversário estão sendo organizadas e integram o calendário de festividades da instituição. “Acredito que temos razões suficientes para comemorar por termos chegado tão longe e com excelentes perspectivas de continuarmos por muito mais tempo alcançando um sucesso ainda maior”, aposta o diretor da Regional Jataí, Wagner Gouvêa dos Santos, satisfeito com os resultados da trajetória.

 

A primeira iniciativa para celebrar a data foi a da criação de uma logomarca dos 35 anos da Regional, utilizada nas páginas da internet e documentos oficiais da Universidade. Ao longo do ano, também estão previstos o lançamento de novas obras e a instalação de equipamentos nos laboratórios, que trarão melhorias significativas no desenvolvimento das atividades de ensino, pesquisa e extensão.

 

Primeira das obras inauguradas em 2015, o Restaurante Universitário (RU) da Regional Jataí está em pleno funcionamento desde o mês de maio e oferece refeições à comunidade universitária a preço acessível. O espaço tem atendido, diariamente, uma média de 600 estudantes, servidores e docentes, com a elaboração de cardápios variados, com alimentos saudáveis e nutritivos.

 

Além do RU, outras nove obras deverão ser inauguradas em breve, são elas: a ampliação do prédio dos cursos de pós-graduação, os prédios dos gabinetes dos professores, dos cursos de Biomedicina, de Enfermagem, de Engenharia Florestal, de Fisioterapia e de Direito, além das instalações Zootécnicas, do Centro de Ciências Humanas, do Laboratório de Nutrição de Peixes e galpão de máquinas.

 

 Restaurante Universitário Jataí

Refeições nutritivas são servidas para cerca de 600 pessoas diariamente no Restaurante Universitário

 

Transferência de área

Outro importante ato que veio complementar as comemorações foi a recente oficialização, por parte do governo do Estado de Goiás, da transferência da área onde está localizado o Câmpus Cidade Universitária José Cruciano de Araújo à UFG. Devido ao trâmite do processo jurídico para a efetivação da transferência, a entrega da escritura só ocorreu 18 anos após a área ser cedida para o funcionamento do câmpus. O terreno, que antes pertencia à Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Goiás (Emater), precisou ser transferido para o governo estadual para que fosse realizada a doação à Universidade.

 

Para o reitor da UFG, Orlando Amaral, foi essencial o trabalho das gestões anteriores da instituição na consolidação desse processo e crescimento da Regional Jataí, além da parceria com o poder público para a construção dos câmpus no município. “Os gestores no passado foram ousados e hoje colhemos os frutos dessa ousadia. Com muita dificuldade e graças às parcerias com o Município e o Governo do Estado, que em 1997 nos cedeu o terreno, hoje, a Regional Jataí é um dos maiores câmpus do Brasil”, declarou durante a cerimônia, em Goiânia, em que foi oficializada a transferência.

 

 Entrega da escritura que formaliza doação de terreno do Governo de Goiás para a UFG foi comemorada pela gestão

Entrega da escritura que formaliza doação de terreno do Governo de Goiás para a UFG foi comemorada pela gestão

 

Crescimento

Com as ações dos Programas de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni) e Expansão Fase I - Novos Campi, a Regional Jataí passou por um processo de grandes transformações nos últimos seis anos. Atualmente, possui 25 cursos de graduação nas áreas de saúde, educação, ciências humanas, sociais, biológicas, agrárias e exatas, distribuídos em dois câmpus: Cidade Universitária José Cruciano de Araújo, conhecido como Unidade Jatobá, e a Unidade Riachuelo, que atendem 3.400 alunos matriculados. Na pós-graduação, contabilizam-se seis cursos stricto sensu e diversos de especialização.

 

As atividades dos varios cursos oferecidos na Regional envolvem um quadro amplo de docentes e técnico-administrativos, que chegam ao número de 351 e 216, respectivamente, incluindo efetivos e terceirizados. Ainda assim, a quantidade não consegue suprir toda a demanda de atividades e serviços. “Apesar do número ainda insuficiente e das condições ideais estarem sendo construídas, partindo de um processo natural do crescimento e consolidação de uma universidade, acredito que todos estes anos têm sido de grandes conquistas”, comenta o diretor da UFG em Jataí.

 

 Prédios expansão Jataí

Processo de expansão da Regional nos últimos anos abriu oportunidade para criação de novos cursos

 

Expectativas

As obras inauguradas na Regional nos últimos anos e a ampliação do número de cursos e vagas oferecidas para ingresso, não só transformaram em realidade a presença da UFG no interior goiano, mas trouxeram novas expectativas para a concretização de uma universidade cada vez melhor. Com isso, novos projetos estão sendo esboçados para atender a crescente demanda da comunidade universitária. Entre eles, a construção de um auditório para comportar eventos diversos, como as colações de grau, a finalização do prédio do curso de Medicina e da Biblioteca Central, obra já iniciada e que deverá ser entregue no início de 2016.

 

Além disso, está sendo consolidado o Parque Tecnológico Jataí TEC, uma iniciativa em parceria com a Prefeitura da cidade, a Secretaria de Desenvolvimento do Estado de Goiás (Sed), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/ GO), entidades empresariais e instituições de ciência e tecnologia da região. A proposta do Jataí TEC vem de encontro às estratégias de fortalecimento e promoção do crescimento econômico e tecnológico do sudoeste goiano, por meio da transferência de conhecimento e tecnologia da Universidade para o setor produtivo, estímulo à inovação e qualificação profissional, o que impulsionaria a geração de empregos e renda, além de investimentos na área empreendedora.

 

“A Regional Jataí tem contribuído efetivamente para o desenvolvimento local, melhorando os indicadores sociais, econômicos e culturais do município e da região Sudoeste de Goiás”, destaca Wagner Gouvêa.

 

 Parque tecnológico de jataí

Parque Tecnológico de Jataí está em construção para atender a demanda de desenvolvimento em tecnologia e inovação da região

 

Primeiro doutorado

Uma das conquistas da Regional Jataí em 2015 foi a aprovação do primeiro doutorado no Programa de Pós-Graduação em Geografia. O curso será implantado com duas linhas de pesquisa voltadas para a temática do Cerrado e deverá iniciar suas atividades no primeiro semestre de 2016.

 

O professor do curso de Geografia, João Cabral, que esteve à frente da proposta de criação do programa, acredita que a iniciativa trará novas perspectivas na qualificação profissional voltada para a docência e a carreira acadêmica, além da capacitação dos estudantes para a condução de pesquisas nas áreas ambientais, sociais e humanas. “O curso vem suprir a carência de oportunidades de Pós-Graduação fora dos grandes centros urbanos do país”, comenta João Cabral, além de destacar os esforços dos professores do Departamento de Geografia e da Universidade nesse intuito.

 

 Biblioteca Central Jataí

Prédio da Biblioteca Central já  foi iniciado e tem previsão de entrega para 2016

 

Para ler o arquivo completo em PDF clique aqui

Para conferir a entrevista completa no Programa Conexões clique aqui

 

Fonte: Ascom/UFG

Categorias: Regional Jataí