Weby shortcut
Icone Instagram
Icone Linkedin
Icone YouTube
Universidade Federal de Goiás
UFG_3448.JPG

Banda Pequi comemora seus 19 anos

Criada em 21/03/19 09:35. Atualizada em 21/03/19 09:39.

O grupo, que está em sua 5ª geração de músicos, anunciou o retorno no projeto Música na Escola de Música e realizou homenagem ao professor Jarbas Cavendish

Texto: Giovana Paula Correia

Fotos: Pedro Gabriel

 

Banda Pequi_11.jpg

 

Sons de instrumentos sendo afinados, testes de som e partituras espalhadas encheram a Escola de Música e Artes Cênicas (Emac), nesta quarta-feira. O que pareceu mais um dia normal na EMAC, na verdade foi o início da celebração de aniversário de 19 anos da Banda Pequi, e do retorno do projeto “Música na Escola de Música”. Na ocasião também foi realizada uma homenagem ao professor e Maestro Jarbas Cavendish. O teatro cheio e a banda animada foram a combinação perfeita para uma manhã repleta de música boa e emoção.

Em meio ao samba raiz e outros ritmos populares brasileiros, o professor Cavendish, cheio de gratidão e emoção, anunciou ao público sua aposentadoria. Apesar disto, o projeto continuará e terá a coordenação dos professores Fábio Oliveira, Fabiano da Silva, João Casimiro e Everton Loredo, que estão envolvidos do projeto. “Eu irei continuar ligado à Banda Pequi como regente convidado. Eu tenho muita alegria e boas perspectiva para p futuro. O projeto está passando para professores muito competentes”, afirmou o maestro.

As músicas que foram tocadas na comemoração dizem respeito a trajetória da banda e aos artistas e parceiros que lá tocaram ao longo dos anos, entre eles estão Lenine, João Bosco, Leila Pinheiro, Nelson Faria, Carlos Malta, entre outros.

UFG_3455.JPG

O professor da EMAC e maestro Jarbas Cavendish anunciou sua aposentadoria e recebeu homenagem durante a comemoração dos 19 anos da Banda Pequi

 

 

Banda Pequi

A Banda foi criada em 2000 como projeto de extensão da EMAC, com a iniciativa dos professores Glacy Antunes, Alexandre Magno e Jarbas Cavendish, e já está em sua 5ª geração de integrantes, que são alunos e professores. “Conviver com todas essas gerações de alunos da Emac é um enorme privilégio, e contar com o carinho, a amizade e a dedicação dos professores que integram o projeto é algo de valor imensurável. Uma trajetória intensa e vitoriosa, comprovada através das inúmeras apresentações da Banda Pequi e em um CD e três DVDs gravados”, afirmou o maestro ressaltando o último DVD feito, com Lenine, que o torna a banda ainda mais visível para o público.

O projeto veio com o objetivo de formar um grupo fixo para pesquisa e execução da música instrumental brasileira, e está avançando e mostrando bons resultados nos últimos dezenove anos. “Para o aluno que entra aqui é uma oportunidade de percorrer um repertório que a princípio ele não teria como se fazer aqui em Goiânia, é um repertório específico para o instrumentista dentro da música popular brasileira”, completa Cavendish.

Desde o início, projeto foi recebido e apoiado pelos alunos, professores e a Reitoria. “É um orgulho para Universidade Federal de Goiás ter uma Escola de música da envergadura que a gente tem, nós temos sem dúvida nenhuma a melhor escola de música do país, graças ao trabalho incansável de várias gerações que a administraram da melhor forma possível”, discursou o Reitor da UFG Edward Madureira Brasil, que esteve presente no evento. Ele ainda destacou a importância das ações de projetos culturais de qualidade em defesa da universidade brasileira.

 

UFG_3448.JPG

Músicos apresentaram canções da Musica Popular Brasileira

 

Música na Escola de Música

O Projeto de Extensão “Música na Escola de Música” retorna após a conclusão da reforma do teatroBelkiss S. Carneiro de Mendonça”,e é habitualmente realizado às quartas-feiras de manhã por músicos, professores e convidados especiais. A professora Denise Zorzetti, coordenadora de bacharelado em música, afirma que além de ser bom para os alunos da Escola de Música, que estão vendo música no ambiente deles, também se mostra para os alunos de outras unidades o trabalho que aqui lá feito. Em breve será realizado um edital, que selecionará alunos para se apresentarem pelo projeto.

De acordo com o professor Carlos Costa, coordenador do programa de pós-graduação em música, o projeto surgiu na direção da professora Glacy Antunes juntamente com a equipe de eventos, eles separaram um horário durante as aulas em que todos os alunos de música e a comunidade poderiam ir para o teatro da EMAC ouvir música de referência, que nem sempre são divulgadas pela mídia de massa. “É um lugar de ensino, de pesquisa e de extensão que atinge a comunidade, permite que alunos façam pesquisa, que professores utilizem os eventos que estão acontecendo aqui e a apresentação de referências artísticas, tanto internacionais, quanto nacionais”, acrescentou o professor.

 

Ficha técnica da Banda Pequi

Coordenação/regência: Fábio Oliveira

Regente convidado: Jarbas Cavendish

Participação Especial: Bororó Felipe (baixo), Fabiano Chagas (guitarra)

Saxofones: Foka, Juarez Portilho, Everton Loredo, Anastácio Alves, Marcos Lincoln

Trompetes: Manassés Aragão, Nivaldo Junior, Wellington Santana, Tonico Cardoso

Trombones: André Luis, Sabrina Pinheiro, Marcos Paulo, Pedro Henrique

Baixo: Bruno Rejam

Guitarra: Silvio Oliveira

Piano: Everson Bastos

Bateria: João Casimiro

Percussão: Fabio Oliveira, Diego Amaral, Noel Carvalho

Logística/Administração: Jessé Moreira

 

Fonte: Secom/UFG

Categorias: Arte e Cultura