Weby shortcut
Icone Instagram
Icone Linkedin
Icone YouTube
Universidade Federal de Goiás
Abertura BrazMed 2

9º BrazMedChem debate aproximação com universidade

Criada em 02/09/19 10:53. Atualizada em 02/09/19 11:51.

Maior evento de química medicinal e descoberta de fármacos da América Latina ocorre em Pirenópolis

Mariza Fernandes

Com organização da Universidade Federal de Goiás (UFG), a região Centro-Oeste recebe, pela primeira vez, o maior evento de Química Medicinal e Descoberta de Fármacos da América Latina: o BrazMedchem. A cerimônia de abertura ocorreu na noite de domingo (1/9), com participação do reitor da UFG, Edward Madureira Brasil, da presidente do 9º BrazMedChem, professora da UFG e diretora da Divisão de Química Medicinal da Sociedade Brasileira de Química, Carolina Horta, além de representantes da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

Abertura BrazMed 2
Carolina Horta na abertura do evento (Foto: Raphael Fillipe - Extrema Produção Criativa)

Para apresentar alguns elementos da cultura da cidade que sedia o BrazMedChem, a cerimônia de abertura teve início com uma apresentação cultural sobre as Cavalhadas, uma das tradições de Pirenópolis (GO). O reitor da UFG aproveitou o evento internacional para chamar a atenção para os riscos que a Ciência brasileira corre. “O recente movimento que tomou conta do Brasil, em relação ao orçamento do CNPq, ameaça 84 mil pesquisadores com a possibilidade de não recebimento das bolsas em setembro, outubro e novembro. Há um desmonte em curso na ciência brasileira, a partir de uma concepção equivocada sobre o papel da ciência, da educação e das universidades”, disse Edward.

Abertura BrazMed 3
Reitor Edward Madureira destaca o cenário de risco da Ciência brasileira (Foto: Raphael Fillipe - Extrema Produção Criativa)

A presidente do 9º BrazMedChem, Carolina Horta, destacou o empenho da equipe de organização para realizar o evento, apesar da falta de financiamento público. “Apesar do momento difícil que estamos vivendo na ciência brasileira, conseguimos fazer o congresso acontecer e estamos aqui, hoje, com o apoio da UFG e de diversos parceiros”.

Desafios no tratamento de doenças negligenciadas

A conferência de abertura teve como tema a descoberta de medicamentos para tratar doenças negligenciadas, e foi ministrada por Peter Warner, da Fundação Bill & Melinda Gates (EUA). O palestrante tem mais de 28 anos de experiência na indústria farmacêutica e é pesquisador sênior do Program Officer da Fundação Bill e Melina Gates, que financia projetos de pesquisa na área de doenças negligenciadas, aquelas causadas por parasitas ou agentes infecciosos, e que atingem principalmente as populações de baixa renda.

Abertura BrazMed 4
Peter Warner divide sua experiência de quase 30 anos na indústria farmacêutica (Foto: Natalia Cruz - Secom UFG)

Peter Warner falou sobre os maiores desafios e avanços no tratamento das doenças negligenciadas. O pesquisador abordou algumas enfermidades que ocorrem principalmente nas regiões de clima tropical, como a tuberculose, a malária e a cegueira dos rios, causada por um parasita que afeta de modo mais recorrente a pele e os olhos, e que tem maior incidência em vilarejos do continente africano. Na Fundação Bill & Melinda Gates, Peter aplica sua experiência em descoberta de medicamentos para trabalhar com parceiros em todo o mundo, com o objetivo de descobrir formas mais seguras e eficientes de tratar os males. Segundo ele, um desafio constante é o alto nível de resistência que os parasitas desenvolvem em relação aos tratamentos.

Sobre o evento

Realizada na cidade de Pirenópolis (GO) entre os dias 1º e 4 de setembro, a nona edição do BrazMedChem aborda o tema “Reduzindo o espaço entre a academia e as indústrias farmacêuticas para avançar na descoberta de fármacos”. Estão sendo debatidos temas importantes nos setores de pesquisas farmacêuticas que desenvolvem patentes de novos fármacos para tratamento de câncer e de doenças cardiovasculares, negligenciadas, raras, associadas a processos inflamatórios, neurodegenerativas, entre outras.

Programação

Nesta segunda-feira (2/9), às 14h, será entregue o Prêmio BrazMedChem para os destaques da área de Química Medicinal no Brasil nas categorias Jovem Pesquisador, Vanguarda e Sênior. Já às 18h será realizada a sessão interativa “Mulheres na ciência, mulheres na química, por que tão poucas?”. Nessa sessão, que será em formato de TED-Talk, quatro mulheres expoentes na área falarão sobre a questão de gênero de forma interativa com a plateia.

O evento também fará uma atividade social de divulgação de ciência com a comunidade local. Serão recebidos por volta de 200 estudantes de ensino médio de escolas públicas e privadas do município de Pirenópolis. A atividade será realizada na quarta-feira (4/9), das 11h às 13h. Acesse o site do evento.

Destaques

Participam do 9th BrazMedChem palestrantes renomados de diversas indústrias farmacêuticas nacionais e internacionais, assim como de startups e de consórcios, como Greg Basarab, Sean Ekins, Jose Duca, Grant Schoenhard, Alexander Tropsha, Per Sunnerhagen, Gonçalo Bernardes, A. Ganesan, Maria Cristina Nonato, Eufrânio Junior, Márcio Bertacine Dias, Mônica Tallarico Pupo, Rodolpho Braga, Fabio Barros, entre outros, vindos de países como Estados Unidos, México, Inglaterra, Suécia, África do Sul, Alemanha e Brasil.

Fonte: Secom UFG

Categorias: Saúde