Weby shortcut
Icone Instagram
Icone Linkedin
Icone YouTube
Universidade Federal de Goiás
Gado de corte

Estudo identifica solidez do mercado exportador brasileiro de carne bovina

Criada em 29/10/19 09:34.

Artigo do professor Waldemiro Alcântara, da FACE, foi premiado como o melhor trabalho em evento internacional

Um estudo realizado pelo professor Waldemiro Alcântara, da Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas da Universidade Federal de Goiás (FACE/UFG), identificou que o mercado exportador brasileiro de carne bovina é maduro e não suscetível a choques exógenos. Ou seja, diante de crises como eventos políticos, sanitários e econômicos, a trajetória das exportações (em volume e em valores monetários) continuam a seguir suas respectivas tendências, passando apenas por oscilações pontuais e de caráter transitório. Isso significa que ações construídas ao longo do tempo pelas instituições envolvidas e a carne de qualidade garantem que as negociações continuem sendo efetuadas.

O artigo, intitulado "Exportações brasileiras de carne bovina para os principais destinos: análise de persistência aos choques", desenvolvido em coautoria com a economista e mestre em Economia pela UFG Viviane Pires Ribeiro, foi premiado como o melhor trabalho no IX Congresso da Associação Portuguesa de Economia Agrária (APDEA) e III Encontro Lusófono em Economia, Sociologia, Ambiente e Desenvolvimento Rural (ESADR 2019), realizado em Lisboa e Oeiras, em Portugal, entre os dias 15 e 18 de outubro.

Neto Alcântara

Professor Waldemiro Alcântara, em evento em Portugal (Foto: Acervo Pessoal)

Fonte: Secom/UFG

Categorias: Humanidades