Weby shortcut
Icone Instagram
Icone Linkedin
Icone YouTube
Universidade Federal de Goiás
Prêmio IEL 2019

Alunos da UFG recebem Prêmio IEL 2019

Criada em 18/06/19 15:26. Atualizada em 18/06/19 15:32.

Estudantes receberam primeiro e terceiro lugar na subcategoria Ensino Superior

Jurandi Lima (Prograd)

 

Em 2019, dois estudantes da UFG foram destaque no Prêmio IEL 2019, Vitor Augusto, estudante de Engenharia Civil recebeu o primeiro lugar como Estagiário Destaque da subcategoria de Ensino Superior e Alexandre Moreti, do curso de Engenharia de Alimentos ficou em terceiro lugar na mesma subcategoria. O prêmio foi entregue no dia 28 de maio.

Prêmio IEL 2019

O projeto de Vítor Augusto, intitulado Aplicativo Móvel para Realização de Fichas de Verificação de Serviços em Obra faz o check list do que foi realizado na obra - construção de prédios e outras grandes edificações, economizando papel, tempo e dinheiro para a construtora. Como premiação por ocupar a primeira posição, Vitor recebeu R$ 2 mil em dinheiro na edição estadual, além de certificado e troféu.

Vitor explica que o que motivou a inscrever-se no prêmio foi “a insatisfação com o atual cenário tecnológico dos processos da Construção Civil e a oportunidade de melhorar um desses processos, podendo contribuir não apenas com a indústria da construção, mas também com a empresa que participo e indiretamente com a sociedade, me motivaram a iniciar e dar continuidade ao meu projeto. O Prêmio IEL de Estágio se apresentou como um novo estímulo para melhorar ainda mais o projeto e ser exemplo, estimulando outros estagiários, profissionais e empresas a sempre investirem em inovação.”

Prêmio IEL 2019

Em terceiro lugar na mesma subcategoria, o estudante Alexandre Moreti, aluno do curso de Engenharia de Alimentos da UFG foi reconhecido pela sua atuação no Desenvolvimento de Sistema Inteligente para a Implementação e Tratamento de Resultados de Boas Práticas de Fabricação na empresa Café Rancheiro.

Alexandre destaca o trabalho conjunto entre todos os atores responsáveis pelo seu processo de aprendizagem, tanto na empresa quanto na universidade, pois segundo ele, “é o reconhecimento do trabalho de vários professores que se dedicaram em suas disciplinas para que seus alunos saíssem de lá prontos para executar aquele conteúdo da melhor forma possível. O prêmio de reconhecimento de um estágio nada mais é que um reflexo do trabalho que a universidade e o aluno têm feitos juntos”, e complementa, “embora não tenha sido o primeiro colocado, sou imensamente grato por onde cheguei, pelo apoio dos meus professores, pelas orientações e pelas brigas também pois sem eles eu não teria chegado até aqui. A universidade atua direto e indiretamente nas indústrias, preparando seus alunos para serem os novos grandes profissionais do futuro. Sou imensamente grato à UFG por todo o suporte.

Tais alunos representam o investimento da universidade com a qualificação dos estudantes, aproximando-os cada vez mais do mercado de trabalho. Segundo Rosângela Carvalho, Diretora de Desenvolvimento Acadêmico da universidade, o estágio visa “garantir a consolidação dos conhecimentos adquiridos durante a realização das disciplinas do curso, permitindo a vivência essencialmente prática das atividades inerentes à formação do aluno, com supervisão e orientação necessárias ao aprendizado técnico, profissional e acadêmico.”

Entre todas os projetos avaliados no prêmio, aquele que obtiver maior nota irá concorrer na edição nacional.




Fonte: Prograd UFG

Categorias: Institucional