Weby shortcut
Icone Instagram
Icone Linkedin
Icone YouTube
Universidade Federal de Goiás
Palestra do Programa

Programa Diálogos em Pesquisa da UFG qualifica mais de 5 mil pessoas

Criada em 09/07/19 12:01. Atualizada em 09/07/19 12:23.

Iniciativa conta com parceria da Funtec, que desenvolve outras ações com a Universidade

Márcia Araújo

O Programa Diálogos em Pesquisa e Inovação, realizado pela UFG por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação, em parceria com a Fundação de Desenvolvimento de Tecnópolis (Funtec), já alcançou 5.613 participantes desde o início de 2018 até este mês de julho.

Palestra do Programa

Palestra do reitor da UFG, Edward Madureira Brasil, no Programa Diálogos (Fotos: Fabrício Vera e Alessandra Gomes)

A iniciativa visa à difusão da cultura da ciência, tecnologia e inovação, bem como a capacitação de estudantes, empresários e outros interessados para as atividades de empreendedorismo, pesquisa, desenvolvimento e transferência de tecnologia. O Programa abrange a realização de uma série de palestras voltadas a todas as áreas do conhecimento.

De acordo com o pró-reitor de Pesquisa e Inovação da UFG, Jesiel Freitas Carvalho, a configuração atual do programa é resultado de um processo de amadurecimento, em que a formação para a pesquisa e a formação para a inovação foram integradas. “A pesquisa é essencial para a inovação e ambas são imprescindíveis para o desenvolvimento socioeconômico sustentável do nosso Estado e de todo país.”

O presidente da Funtec, Lázaro Eurípedes Xavier, ressalta que um dos pilares da Fundação é a promoção da cultura do empreendedorismo no Estado de Goiás com ideias inovadoras. “Um programa como o Diálogos em Pesquisa e Inovação, dentro da universidade, vem despertar os nossos professores e os nossos alunos e, como é aberto a todos, vem despertar na comunidade em geral a importância do empreendedorismo e da inovação para a superação das dificuldades que nós enfrentamos no meio da sociedade.”

Pesquisa, inovação e sociedade

Para a pró-reitora adjunta de Pesquisa e Inovação e diretora de Transferência e Inovação Tecnológica da UFG, Helena Carasek, a reflexão sobre o Programa Diálogos leva à ponderação sobre o quanto a geração de conhecimento, a pesquisa e a inovação são fundamentais para a construção de uma sociedade com mais oportunidades para todos. “Nessa perspectiva, é muito importante contar com uma parceira como a Funtec, comprometida com a disseminação e aplicação do conhecimento para impulsionar o desenvolvimento do Estado”.

LázaroPresidente da Funtec, Lázaro Eurípedes Xavier

Lázaro Xavier é ex-vice-reitor da UFG e a Funtec é constituída tanto por entidades do setor empresarial quanto por instituições de ensino como a própria Universidade Federal de Goiás. Para ele, a inovação só acontece com a geração de conhecimento. Ele afirma que o papel da Funtec é fazer a aproximação entre setor empresarial e academia, para que o conhecimento gere tecnologia, produtos e serviços para atender a sociedade.

O presidente da Funtec destaca que a Fundação desenvolve com a Universidade Estadual de Goiás (UEG) um programa semelhante ao Diálogos. Trata-se do Programa de Desenvolvimento Tecnológico e Empreendedorismo Inovador, que já atendeu mais de 1.600 alunos, professores e possíveis empreendedores. Com a UEG, a Funtec também realiza, no campus de Montes Belos, um trabalho de transferência de biotecnologia voltada à reprodução animal para os produtores rurais.

Incubadoras e projetos inovadores

Para dar fluxo à atividade de fomento ao empreendedorismo e à inovação no Estado de Goiás, a Funtec, desde 2014, vem publicando editais de apoio anualmente. “Já atendemos mais de 200 empresas, startups ou ideias inovadoras. Um dos trabalhos de fundamental importância que desenvolvemos é o apoio às incubadoras de empresas”, destaca Lázaro Xavier.  

O resultado do edital de apoio a incubadoras de 2019 já foi divulgado e o projeto do Centro de Empreendedorismo e Incubação (CEI) da UFG está entre os selecionados. Neste ano, a fundação ainda lançou os editais de apoio e estímulo a startups e de fomento a projetos inovadores de empresas e empreendedores de Goiás, ambos também com resultados já divulgados.

A Funtec desenvolve ainda parcerias com a Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), sendo responsável pela gestão de projetos de pesquisa e de transferência de tecnologia relacionados à produção de sementes de milho, sorgo e feijão e de borbulhas de sanidade controlada para a produção de mudas. “E hoje nós estamos trabalhando para viabilizar pesquisas em produção animal da Emater e vamos fazer isso com outros parceiros e, inclusive, a UFG deverá estar entre eles”, planeja Lázaro Xavier.

Fonte: PRPI UFG

Categorias: Institucional