Weby shortcut
Icone Instagram
Icone Linkedin
Icone YouTube
Universidade Federal de Goiás
Capa terapia assistida animais

Projeto da UFG de Terapia Assistida por Animais visita o Crer

Criada em 17/02/20 16:04. Atualizada em 18/02/20 10:24.

O método promove relaxamento e melhoras no bem-estar físico e emocional do paciente

Maria Luiza Valeriano

Uma parceria da Escola de Veterinária e Zootecnia (EVZ/UFG) e Faculdade de Medicina (FM/UFG) levou animais treinados para proporcionar alegria ao Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (Crer), no dia 14 de fevereiro. A visita faz parte do projeto de extensão “Implantação do Programa de Atividade/Terapia assistida por animais (A/TAA) em Hospitais de Goiânia-Goiás”, com o objetivo de proporcionar alegria e diminuir a ansiedade dos pacientes.

O projeto é coordenado pelas professoras Kellen Oliveira (EVZ) e Alessandra Naghettini (FM). De acordo com a Alessandra Naghettini, a mudança no ambiente melhora o humor dos pacientes, o que facilita a adesão ao tratamento.

Oswaldo Dias ficou com lágrimas nos olhos de tanta emoção

Oswaldo Dias ficou com lágrimas nos olhos de emoção (Fotos: Carlos Siqueira)

 

Projeto de extensão

O projeto iniciou em 2017 no Hospital das Clínicas da UFG. A intenção original era atuar na ala pediátrica, mas logo outros hospitais manifestaram interesse, segundo a professora Kellen Oliveira. O Hospital da Criança, Hospital de Urgências de Goiânia, Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia, Hospital das Clínicas da UFG e o Crer são os locais atendidos atualmente.

A professora explica que há intenção de expandir o projeto mas é necessário mais estudantes e animais voluntários. “Todos os animais possuem donos. Eles passam por vários exames e são preparados para as visitas. Assim, não há risco de prejudicar a saúde dos pacientes”, aponta. A visita teve a presença de oito cães mas estão estudando a possibilidade de introduzir outros animais como aves, tartarugas e peixes ornamentais.

Terapia Assistida

O método de terapia com animais provoca uma mudança na rotina do hospital e traz alegria a todos. Além da melhora emocional, também há efeitos físicos. Em idosos hipertensos já foi observado que as sessões de TAA promovem controle dos níveis de pressão. Em sessões de fisioterapia, os profissionais têm mais facilidade em conduzir o tratamento com um animal para deixar o ambiente mais leve e divertido. 

O Luís Gustavo pôde matar um pouco da saudade do seu próprio cachorrinho ao receber a visita dos cães voluntários

Luís Gustavo pôde matar a saudade do seu próprio cachorrinho ao receber a visita dos cães voluntários

 

Os pacientes do Crer ficaram emocionados com a visita. Taiane Ferreira, mãe de Luis Gustavo, relata que seu filho ficou animado e adorou passar a mão nos cães. Oswaldo Dias demonstrou muita emoção ao expressar a gratidão pela ação. “É muito bom receber visitas. Animais são muito carinhosos e trazem muita alegria”.

A terapia pode não só ajudar os humanos, mas os animais também. Silvia Evangelista explica que a husky Maya sofreu maus tratos e hoje anda com auxílio de uma cadeira de rodas. O contato com os pacientes ajuda ela a ter confiança, efeito que também causa nos humanos ao visitar hospitais. O dia foi encerrado com relatos de ansiedade pela próxima visita e sorrisos de todos os presentes.

A Maya foi resgatada após uma denúncia de em que era usada para a procriação excessiva

Maya foi resgatada após uma denúncia de em que era usada para a procriação excessiva

 

Fonte: Secom UFG

Categorias: Saúde EVZ FM