Weby shortcut
Icone Instagram
Icone Linkedin
Icone YouTube
Universidade Federal de Goiás

Faculdade de Informação e Comunicação inaugura laboratório integrado

Criada em 12/09/13 11:53. Atualizada em 21/08/14 11:47.

Logo Jornal

Publicação da Assessoria de Comunicação da Universidade Federal de Goiás 
ANO VII – Nº 61 – AGOSTO – 2013

Faculdade de Informação e Comunicação inaugura laboratório integrado

Texto: Luiza Mylena | Foto: Carlos Siqueira

 

Laboratório FIC

No dia 28 de agosto foi inaugurado o prédio Laboratórios Integrados de Comunicação e Informação, o Labicom, no Câmpus Samambaia. No Labicom, funcionarão as agências Inova e Ponto e Vírgula, do curso de Publicidade e Propaganda, a Simetria, do curso de Relações Públicas, além dos laboratórios de informática para os estudantes dos cursos de Biblioteconomia, Gestão da Informação e Jornalismo. O diretor da Faculdade de Informação e Comunicação (FIC), Magno Medeiros afirma que o Labicom trará mais oportunidades e mais estrutura técnica para o desenvolvimento de projetos laboratoriais integrados e interdisciplinares dos estudantes e professores. Para as estudantes Tauane Caldas, de Relações Públicas e Thais Gabrielly, de Biblioteconomia, o principal benefício do Labicom é a melhoria do espaço físico para o exercício das atividades acadêmicas. Confira abaixo uma breve entrevista com o diretor da FIC, Magno Medeiros. 

Como um espaço físico novo pode colaborar na produção acadêmica e na visibilidade da FIC dentro da UFG?
O Labicom garantirá mais qualidade no ensino, na pesquisa e na extensão; mais oportunidades aos alunos, professores e técnicos para o desenvolvimento de projetos laboratoriais integrados; e mais estrutura técnica, acadêmica e operacional para a realização de novas práticas laboratoriais interdisciplinares. Ou seja: o Labicom contribuirá efetivamente para a excelência na qualidade das práticas laboratoriais. E o principal beneficiário serão o estudante e o pesquisador, que passarão a dispor de uma estrutura robusta – são cerca de mil metros quadrados de área construída – para a execução de seus projetos acadêmicos. Essa produção acadêmica contribuirá para a socialização do conhecimento, garantindo maior visibilidade aos produtos, serviços e projetos da FIC no âmbito da UFG e, principalmente, no contexto científico das áreas de Comunicação e Informação. Com o Labicom, os estudantes poderão exercitar práticas laboratoriais em Jornalismo, em Publicidade e Propaganda, em Relações Públicas, em Biblioteconomia e em Gestão da Informação. Cada uma dessas áreas desenvolverá os projetos pedagógicos e laboratoriais imprescindíveis para a sua formação. Por exemplo, serão montadas estruturas para redação, pesquisa de opinião e mercado, criação, planejamento, atendimento, pesquisas em plataformas web, design gráfico, arte e tecnologia, produções audiovisuais e digitais, inovações tecnológicas em comunicação e informação etc. O propósito é que os estudantes tenham uma participação proativa tanto na concepção quanto no desenvolvimento do Labicom, que é o maior e mais inovador projeto laboratorial na área de Comunicação e Informação da FIC. E mais: acreditamos que a nossa proposta pedagógica e laboratorial – em construção – terá grande impacto no modelo de desenvolvimento do ensino-aprendizagem na Universidade.
 
A FIC continuará com os estúdios de fotografia e de TV?
Os estúdios de fotografia e de RTV continuarão no prédio da FIC. Mas é importante ressaltar que o prédio da FIC sofrerá ampla reforma no ano que vem. O projeto de arquitetura, sob a responsabilidade da arquiteta Mayara Prado, encontra-se em fase de conclusão e os projetos complementares deverão ser feitos nos próximos meses. O reitor Edward Madureira Brasil já declarou apoio da Administração Central para a execução da obra.
 
Como a FIC ficará com o apoio do Labicom, as salas livres serão aproveitadas de que maneira?
O espaço físico do prédio da FIC será redimensionado para melhor adaptação de sua infra-estrutura pedagógica, laboratorial e administrativa. O projeto de arquitetura foi amplamente discutido pelos coordenadores de cursos e aprovado pelo Conselho Diretor na sessão do dia 18 de julho de 2013. Criaremos um miniauditório, salas de orientação, sala de projeções audiovisuais, sala de exposições, salas para as especializações, salas de produção e redação, salas de edição, salas de assessorias e consultorias, gabinetes multiuso, ampliação do espaço das coordenações de cursos, da secretaria administrativa, da secretaria acadêmica, do PPG-Com, das representações discentes. Os laboratórios serão redimensionados para melhor atendimento das demandas pedagógicas dos pesquisadores, professores, estudantes e técnicos. Enfim, o prédio da FIC passará por uma profunda transformação visando a melhoria do ensino, da pesquisa, da extensão e da gestão administrativa.

 

Fonte: Ascom UFG

Categorias: laboratório Fic prédio

Arquivos relacionados Tamanho Assinatura digital do arquivo
61 p12 261 Kb ef98434dbb14d16736a4ee69166f5c2d