Weby shortcut
Icone Instagram
Icone Linkedin
Icone YouTube
Universidade Federal de Goiás

CAMINHOS DA PESQUISA: Currículo Lattes

Criada em 02/06/15 11:46. Atualizada em 11/06/15 09:37.

cabeçalho 73

 

 

CAMINHOS DA PESQUISA: Currículo Lattes

Maria Clorinda Soares Fioravanti*

 

A Plataforma Lattes representa a experiência do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) na integração de bases de dados em um único Sistema de Informações que reúne: Currículos, Diretório de Grupos de Pesquisa e Diretório de Instituições. 

 

O nome Currículo Lattes (CV Lattes) é uma homenagem ao físico Césare Mansueto Giulio Lattes, mais conhecido como César Lattes, e registra a vida pregressa e atual de professores e pesquisadores, sendo elemento indispensável a análise de mérito e competência dos pleitos apresentados às agências oficiais de fomento e às Instituições de Ensino Superior. O total de currículos cadastrados no CNPq é de 3.098.215, o que torna essa base, provavelmente, a maior do mundo.

Pesquisadores cadastrados no Lattes

 

Para melhorar a qualidade dos currículos da Comunidade UFG a Pró-reitoria de Pesquisa e Inovação (PRPI) escolheu o tema “Dicas para preenchimento do Currículo Lattes”, como um dos integrantes do Programação de Formação em Pesquisa. A palestra, ministrada pela professora Maria Clorinda Soares Fioravanti, contou com a presença de mais de 500 participantes presencias, além dos que acompanharam a atividade em Jataí e Catalão via web, por transmissão direta da TV UFG. Confira a seguir algumas dicas:


• Toda a comunidade acadêmica: docentes, discentes e técnico-administrativos deve ter o CV Lattes cadastrado no CNPq e procurar mantê-lo atualizado.


• A integração da Plataforma Lattes com bases de dados de outras instituições, tais como SciELO, LILACS, SCOPUS, CrossRef e bases das universidades, conferem ao usuário do sistema a possibilidade de acesso, a partir do currículo do pesquisador, a um vasto acervo de informações científicas relacionadas ao pesquisador.


• Os tópicos gerais que compõem o CV Lattes são: Dados Gerais, Formação, Atuação, Projetos, Produções, Inovação, Patentes e Registros, Educação e popularização de C&T, Orientações, Eventos, Bancas e Citações. Isso significa que absolutamente todas as atividades acadêmicas, administrativas, de pesquisa, transferência de tecnologia, inovação, extensão e cultura têm como serem informadas.


• As informações devem ser completas, corretas e colocadas no local adequado.


• Na subseção “Idiomas”, Não deixe de indicar sua proficiência em qualquer idioma estrangeiro, bem como em Libras.


• Uma foto de boa qualidade evidenciando o rosto é um detalhe importante que pode facilitar a identificação e interação entre os pesquisadores.


• O resumo pode ser gerado automaticamente pelo sistema ou ser personalizado. Se optar por personalizá-lo, evite linguagem coloquial e informal.


• Todas as atividades relevantes devem ser informadas, mas o CV Lattes é um instrumento dinâmico, portanto deve sofrer mudanças que acompanhem a trajetória do profissional.


• Nem todas as informações colocadas no sistema ficarão disponíveis para a consulta pública, portanto não tenha receio em informar dados pessoais como, por exemplo CPF, passaporte e valor de financiamento do projeto.


• Quando for informar as produções bibliográficas, tenha em mãos dados como DOI, ISSN, ISBN, nome completo do periódico e endereço do site onde o produto pode ser recuperado. Quanto mais completa a informação, maior a chance de sua produção ser acessada.


• O CV Lattes é público e o pesquisador, quando o cadastra no CNPq, assume o compromisso pela veracidade das informações disponibilizadas, portanto todos devem ter MUITO CUIDADO no seu preenchimento.

 

* Pró-reitora de Pesquisa e Inovação da UFG

 

Para ler o arquivo completo em PDF clique aqui

Categorias: Caminhos da Pesquisa Currículo Lattes